Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata
  • +55(17) 3321-3060
  • PortuguêsPORTUGUÊS

Metodologia de Ensino

Aprendizagem por Módulo de Objetivos

Esta metodologia é aplicada na parte mais significativa das Unidades Curriculares de natureza biológica ou biomédica. As disciplinas científicas - Anatomia, Patologia, Fisiologia, Genética, Biologia Molecular, Histologia, etc - são abordadas de forma integrada ancoradas em temas específicos. Estes podem ser parte do ciclo de vida celular (ex., proliferação e morte celular), um sistema orgânico e funcional do corpo humano (ex., sistema digestório) ou um tipo de patologia (ex., neoplasias). A integração também se reflete na organização dos Docentes e na forma de avaliação dos alunos. 

As “aulas” são predominantemente interativas e o professor é mais um orientador do trabalho do que um “instrutor” que transmite conhecimentos. As aulas “expositivas” são preteridas em função de aulas de “autoaprendizagem”, em que os alunos desenvolvem a sua aprendizagem. Têm lugar alguns seminários, essencialmente de natureza clínica desde o 1º Ano curricular.

O trabalho é alicerçado em “objetivos de aprendizagem” que definem as metas a atingir em cada Módulo/Unidade Curricular. 

O processo de aprendizagem atravessa cinco “Fases” de natureza distinta que se repetem diversas vezes durante a Unidade Curricular:

Fase 1 – Os objetivos de aprendizagem são apresentados e discutidos conjuntamente com os alunos, que a partir de seus conhecimentos prévios, ponderam sobre a relevância e compreensão de tais objetivos de forma a elaborar um mapa conceitual e identificar os recursos disponíveis para atingi-los.

Fase 2 - Nesta Fase, a mais longa, os alunos trabalham nas tarefas propostas que vão auxiliar no desenvolvimento do conhecimento buscando atingir o objetivo proposto. Divididos por grupos e acompanhados pelos docentes, trabalham os recursos pedagógicos disponibilizados em diferentes ambientes (laboratorial, sala, biblioteca, etc.). A aprendizagem dos conteúdos cognitivos e o treino das competências ocorre essencialmente nesta Fase.

Fase 3 - Os alunos, guiados e questionados pelo docente, expõem os conhecimentos adquiridos em um ambiente de debate que visa certificar se os objetivos foram atingidos. Esta exposição e debate registra a evolução identificando insuficiências de aprendizagem. Permite ainda a preparação, por parte do docente, de consultorias específicas (a decorrer na Fase 4) para sanar as lacunas detectadas. 

Fase 4 – Este momento permite remediar eventuais dificuldades que por ventura o aluno ainda possui. Precede a avaliação e pode ocorrer em diversos ambientes (laboratorial, sala, etc.). Em regra, destina-se a grupos de alunos reduzidos ou ocorre individualmente. 
 
Fase 5 – É o momento das avaliações práticas e de conhecimentos das Unidades Curriculares/Módulos.