Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata
  • +55(17) 3321-3060
  • PortuguêsPORTUGUÊS

Destaque


Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata (FACISB)

12/05/2017

INDICADORES DE QUALIDADE

A Comissão de Avaliação-INEP/MEC, designada para credenciamento da Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata – FACISB e seu Curso de Medicina, avaliou todas as dimensões considerando os referencias de qualidade e legislação vigente, concluindo que apresentam um perfil muito bom de qualidade, atribuindo nota máxima nas dimensões avaliadas.

Credenciamento: Nota 5 - Curso de Medicina: Nota 5

Os estudantes do segundo ano do Curso de Medicina da Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos-FACISB, participaram da primeira Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (ANASEM INEP/MEC). Essa avaliação é obrigatória e foi instituída pela Portaria MEC nº 982, de 25 de agosto de 2016, tendo sido realizada em 09/11/2016. Na avaliação obrigatória para todos os estudantes dos cursos de medicina, os alunos da FACISB destacaram-se superando as medias estadual e nacional no nível adequado de proficiência. A FACISB teve média 101,7 enquanto a média estadual foi 100,3 e a média nacional 100,0.

Selo Instituição Socialmente Responsável

A Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata desde 2015 vem sendo certificada anualmente com o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) como instituição de Ensino Superior que preconiza o desenvolvimento de campanhas de responsabilidade social.

Obter esse reconhecimento revela o quanto a FACISB está verdadeiramente engajada com ações voluntárias que integram a comunidade acadêmica e a sociedade, promovendo o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida da população.

Para o presidente da ABMES, Gabriel Mario Rodrigues, esse selo representa a integração dos conhecimentos adquiridos na instituição de ensino, voltados à população: “A faculdade presta um serviço muito relevante com ações sociais e outras atividades, que, no dia a dia, muitos cidadãos não teriam acesso tão fácil. Essas práticas são cada vez mais bem vistas e garantem um relacionamento mais próximo entre os alunos, instituição e público em geral”.